Ainda sobre o parto e os seus preparativos

Acompanhamos há alguns anos a fase da vida “os amigos estão tendo bebês” e os seus respectivos partos e primeiros dias de vida. Com isso, fui aprendendo algumas coisas e criei uma máxima que usei bastante desde que estou grávida: me preparei fisicamente para o parto natural e psicologicamente para a cesárea. Compartilho aqui, porque outras amigas ficarão grávidas e também terão que pensar sobre isto.

Acho que foi a melhor coisa que eu fiz. Em primeiro lugar, fisicamente, levei uma vida bem ativa durante os 7 meses de gravidez: fiz ioga e natação (super recomendo as 2 atividades). A ioga, com um grupo especializado em gestantes – Teresa adorava! Acho que ainda gosta, porque fica se esticando na incumbadora e adora a postura da criança. A natação foi a que eu já fazia mesmo, só parei de nadar borboleta e peito (peito eu fazia só uma chegada) – ah, virada também não pode fazer. Teresa, antes de eu saber que não podia virar, foi parar na costela um dia em que eu dei uma cambalhota. Uma loucura!

Por outro lado, por mais que eu quisesse o parto natural, me informei sobre os dois tipos de parto. Estabeleci uma relação de confiança com a minha médica, em que eu confiava que ela faria tudo o que estivesse ao alcance dela para eu parir “o mais natural possível”. E por outro lado, ela sempre me deixou muito claro que em determinados casos, seria necessário ela tomar uma decisão médica, pensando no que era o melhor para mim e para a Terê, e não só nas minhas vontades.

Foi exatamente o que aconteceu. Passado o primeiro desespero e o atropelo da ida pro hospital (entre falar com a médica e chegar no hospital, passou-se apenas 1 hora!), tive uma cesária humanizada, como diz a Paloma. A anestesia foi uma rack fraquinha, eu não apaguei, vi tudo. O parto foi rápido, os movimentos na minha barriga não chegaram a ser muito bruscos, o Dani ficou do meu lado acompanhando tudo e depois subiu para acompanhar a neném.

Apesar de tudo isso, a recuperação da cirurgia é chatinha, os pontos incomodam. Ah! Aprendi a respirar na ioga e usei isso no pós-parto pra não ficar cheia de gases. Falei o dia inteiro após o parto, só não falei ao telefone. O segredo é só falar enquanto estiver soltando o ar pela boca, e só puxar o ar pelo nariz.

Todas as vezes em que os pontos doem, fico afim de falar pras amigas que OPTAM pelo parto cesáreo que é pior ficar com as dores dos pontos do que com as dores do parto. Afinal, essas últimas nós fomos feitas para suportar! Além do que, como a cesárea corta tantas camadas do nosso corpo (são sete, segundo me contaram!), vai sempre faltar uma sensibilidade nessa parte do corpo. Ok se é por necessidade, mas por vontade? Por vontade recomendo que as mulheres tentem parir normal. Sem medo da dor! Porque cesárea dói!!!!

Pequeno relato de hoje: Teresa engordou mais 65g, está com 1290 kg. Está tomando 12 ml de leite em cada refeição. Fez hoje a Transfontanela, um teste da cabeça, mas ainda não temos o resultado. Ficou horas e mais horas no colo do papai e da mamãe e não fez muito escândalo. Mamãe acha até que ganhou um beijo da Teresa!

Temos recebido todas as mensagens, recados, presentes e visitas com muito carinho. O apoio dos amigos e as orações têm sido fundamentais para seguir adiante!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , . Guardar link permanente.

9 respostas para Ainda sobre o parto e os seus preparativos

  1. ANA PAULA disse:

    Oi Liii,
    Que alegria esse peso que a Teresa ta ganhando hein?? Esse exame é super tranquilo, é um ultrassom da cabecinha, acho que eles vao repetir algumas semanas até a alta, mas é sussa… a Analu como era cabeluda ficava cheia de gel (do ultrassom) no cabelo… rs
    Continuo orando pedindo pra tudo continuar como está, pq está ÓTIMOOOOO!!!!
    Bjs querida e precisando estou aqui….

  2. Deia disse:

    Li, querida, que bom ver a serenidade com que vc estah lidando desde a chegada inesperada da linda Teresa! Certeza que isso deve ajudar, e muito, para uma evolucao mais rapida da pequenina. Estou torcendo para que logo logo vcs estejam os tres em casa! Beijos, mamae!

  3. Cris disse:

    Lídia, que delícia acompanhar a chegada da Teresa e o nascimento de vocês para a maternidade/paternidade!
    Leitinho e colinho pra Teresoca. Muita força pros papais e vovôs.
    Artur manda beijinhos.

  4. Ligia disse:

    Que bonitinha a Maria Teresa… Engordando muito acima da media dos bebes madurinhos! Essa sua menininha ja sabe das coisas… E como e sabia a Mae Natureza, de programar os bichinhos assim, ne? Bacana voce falar de parto, Li. As mulheres que engolem uma cesarea eletiva nao sabem o que estao perdendo. Parir e um momento de protagonismo unico da mulher. Uma beijoca pra voces! P.S: como estao os peitos? Conheco um shake das africanas que e otimo pra nao empedrar! Se quiser… To a postos! 😉

  5. Maria Amelia disse:

    Sou grata a Deus pela vida da Lidia em nossa vida, especial!!! Presente, afetiva, companheira em todos os momentos. Chegou como a Teresa, muito pequena (1450g) , também dando um grande susto!!!! O resto da vida, só nos trouxe alegrias, nem gesso, nem pronto socorro, só alegrias: mais do que seu desempenho escolar, sua honestidade profissional, trouxe-nos amigos preciosos, muitos na quantidade e muito na intensidade, o Dani tão querido, tão admirado por nós e agora Maria Teresa… amada, única, porque, como os filhos, cada neto é único !!!! Não mereço tanto, mas tenho. Sou grata a Deus e estou certa que Ele tem um plano especial para a nossa tão amada Maria Teresa Neves Hora, ficou lindo, né?r

  6. Lidia estou feliz com a reacao da linda Teresa!! Essa menina ainda vai nos ensinar muito sobre a vida!
    quanto ao que voce escreveu sobre parto natural posso lhe dizer porque fiz 1 cesarea e 2 partos naturais e nao tem comparacao, eh tudo isso que voce falou adicionado a uma emocao fora do normal! So de lembrar me arrepio, eu tambem se tivesse comecado mais cedo teria um time de futebol aqui em casa! rs
    Beijos nos 3
    orando e acompanhando tudo por aqui!

  7. Liliane disse:

    Ei, Lídia!

    Rutelly e eu estamos muito felizes em ver que a sua menininha Teresa se fortalece a cada dia.
    Muito emocionante seu relato, Deus abençoe vocês a cada dia.
    Beijos,

    Lili e Rutelly

  8. Paloma disse:

    Lídia, que bom que ela está ganhando bastante peso e vc está fazendo canguru. Isso é maravilhoso! Vocês duas estão indo muito bem, parabéns!
    Concordo com tudo o que vc falou em relação ao parto. E fico feliz que sua cesárea tenha sido humanizada, que vc tenha sido tratada com respeito e atenção.
    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s