Sapequinha

Maria Teresa, aiaiai!!!

Minha filha arrancou hoje a sonda do nariz DUAS VEZES!!! Quem aguenta? Eu não dou conta!!! Minha mãe ficou pra ela que quando ela fosse pra São Paulo, elas duas iam fazer muita bagunça, mas minha filha não deu conta de esperar!

Ela ODEIA essa sonda no nariz, profundamente. Bom, acho que ela está certa, deve incomodar. Quando estava na boca, era bem mais suportável. Nessas horas, tento ser didática:

– Minha filha, não pode arrancar, porque você ainda não dá conta de mamar tudo o que precisa*. E se arrancar, a tia vai ter que passar a sonda de novo, e incomoda mais ainda.

Teresa só chora assim por 2 motivos: raiva (da sonda, por exemplo) ou fome. Este era de fome (isso foi às 9h da manhã de hoje)

Hoje acho que ela já sabe fazer birra, porque as enfermeiras passaram a sonda bem rápido nas duas vezes, e ela abriu o berreiro depois de a sonda estar colocada!!!!! Quem aguenta?!

* Teresa mamou hoje ao meio-dia, por 10 minutos. Ela estava pesando 1,770 kg hoje de manhã. 20 gramas bem comemorados!

Hoje ela fez também o exame de fundo de olho. O doutor disse que está tudo bem com ela e disse mais! Que pela experiência dele, é bem provável que ela fique com os olhos azuis mesmo!!!

Olha que pessoa mais doce? Ou: "os olhos vão ficar azuis", diz especialista. Hehe! (não, eu não estou preocupada com isso, estou achando é graça!)

Quando falei pra ele do blog e do post anterior, e ainda por cima, que meu pai é oftalmologista, ele ficou morrendo de medo de mim! Hihihi! Disse que ainda tinha que esperar pra dizer se o olho ia ficar azul mesmo! Isso porque eu não disse pra ele que eu sou jornalista!

Ok, ok, no meu trabalho eu não uso fontes em off, mas convenhamos, aqui é meu lazer!

Bom, tem algumas (váááárias) pessoas me perguntando sobre o meu pós-operatório, então dedicarei algumas linhas a este tema:

Pós-operatório é um saaaco! Quando você acha que está ótima, parece que a sua cicatriz abre um bocão e você fica morrendo de medo de isso estar realmente acontecendo. Mas não, é só uma sensação. Quando eu acho que estou ótima, fico afim de dirigir e de voltar pra natação, infalivelmente meu corpo me FALA que eu fiz uma cesárea.

Quando eu acreditei que o sangramento tinha acabado, afinal, ele parou após 10 dias, ele volta. Só pra eu lembrar do que minha obstetra disse: pode durar de 10 a 45 dias. Que horror, né? E geralmente volta na hora que eu estou mais despreparada (ok, ok, agora eu nunca mais estou despreparada!).

Fora isso, no começo eu estava beeem cansada, mas agora só ficou o cansaço dessa rotina de UTI, mas tá bão. Tô também cansada de ordenhar!

Hoje a Yara da igreja me fez companhia, tá sendo ótimo ter amigas conosco no hospital! Ajuda a gente a ficar acordada! E o papo tá rolando solto, a tarde passa rápido que é uma beleza!

Também fui no trabalho (rapidinho, ninguém me viu!) levar o pedido de prorrogação da licença maternidade e no convênio, fazer o convênio da bebê (ela usa o da mãe até completar 30 dias, mas já tá chegando! Hoje a pequena completou 3 semanas fora da barriga! Parabéns!!!).

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

16 respostas para Sapequinha

  1. Eliana disse:

    Coragem!
    É assim mesmo! Vc se recupera devagar , mas quando passar…. nem vai se lembrar!
    Que delícia que a Teresa tá aprontando! Isso mostra que já, já, tá pronta p sair!
    Amanhã saio com sua mãe p almoço do niver da tia Re, e vou entrevistá-la tá? hahahaha
    Depois te conto tudinho

    Mil beijos
    Tia Eliana

  2. Fê Castello Branco disse:

    Via Facebook, sempre venho parar aqui para saber notícias de Teresa. Ela está muito fofa, Lidia! Tudo de bom para Teresa sempre!

  3. Marly disse:

    Lidia querida, estoy muy contenta de que Teresa esté creciendo linda y revoltosa. Me encanta acompañar esos pasitos con tus relatos. Julito acabó de mirar la foto de tu hija y quedó curioso con Teresa, la sonda y el pañal chiquitito. Abrazos y mucha leche!
    Marly

  4. Mariana Leite disse:

    Oi Lidia!
    Eu estou acompanhando todos os seus posts e torcendo muito por vcs!!
    É lindo ver sua filha crescer e a dedicação q vcs tem. Parabéns!
    Continue escrevendo pra gente se sentir aí pertinho.
    Beijos!

  5. Karla Wathier disse:

    Me divirto muito lendo este blog. Adoro ter notícias da Maria Teresa! É muito bom saber que tudo está indo bem! Beijoca nas duas!!!!

  6. Bia Barbosa disse:

    Querida Lídia,
    Precisaram passar 20 dias da loucura das eleições pra eu conseguir ler todo o seu blog e então deixar meu primeiro comentário por aqui. E, antes de mais nada, queria dar os parabéns a você e ao Dani por terem trazido ao mundo essa fofura que é a Teresa e por estarem se mostrando tão fortes e iluminados para atravessar este percurso, que não é fácil, mas que certamente está sendo recompensado por cada sorriso da sua filha, por cada mamada (agora já no peito!) e por cada grama que ela ganha. Fico feliz de verdade que a evolução seja tamanha e sigo na torcida para que logo mais vocês três estejam juntos, em casa, 24 horas por dia.
    Eu também nasci prematura (mas com 7 meses) e com icterícia forte. Precisaram trocar todo o sangue do meu corpo, senão as consequências seriam sérias. Era tão pequenininha (quem diria…) que meu avô contava que cabia numa caixinha de sapato. Fora isso, eu não chorei imediatamente (ou seja, não respirei logo) na hora em que nasci, e aí minha mãe (marinheira de primeira viagem) passou meses e meses me estimulando insanamente para checar se eu não tinha ficado com nenhuma sequela por conta da demora da ida do oxigênio para o cérebro. Resultado: aos oito meses eu já falava e era uma bolota andante. E hoje tudo o que eu quero é baixar o peso na balança 😉
    Compartilho essa estória com vocês porque, como muita gente já deve ter dito e escrito por aqui, daqui um tempo essas preocupações farão parte apenas da lembrança de um momento lindo que vocês estão vivendo, que são os primeiros dias da Teresa. Tenho certeza de que, depois de passar por essa aventura, ela sairá do hospital ainda mais guerreira do que já veio ao mundo. E pronta pra enfrentar qualquer coisa que este nosso mundo colocar a sua frente.
    Parabéns mais uma vez e fiquem com toda a nossa força e energia positiva!
    Um beijo grande e um abraço bem forte, por enquanto ainda virtual, e todo meu carinho e afeto a Teresa. Não vejo a hora de conhecê-la!
    Bia

  7. Flávia disse:

    E vem cá, além dessa fofurice toda do tal olho azul, ela ainda tá apresentando um cabelinho castanho-claro-meio-ruivo né?! aiii que fofa! a última foto tá ótima! kkk. Beijosssss

  8. Ligia disse:

    Ei Lidia! Que guerreirinha linda que vocês fizeram, hein? Tá rosada, começando a ganhar dobrinhas deliciosas… Sobre a birra: o neonatologista da Cora diz que todo parto é um rompimento e normalmente fica isso muito vivo na memória dos pequeninhos. Como eles não tem outras experiências tão marcantes assim, eles costumam comparar qualquer desconforto ao parto. Como se dissessem: ah, não, vai começar tudo de novo! Por isso choram. Teresa não é birrenta… Ela já sabe o que é ruim, está certa de reclamar… Uma beijoca pra vocês!

  9. marcy disse:

    Li,

    Ela já está muito fortinha! Nenhuma costelinha à vista e super curiosa com as coisas. Acho que em breve ela sai da UTI. Talvez até antes do dia que eu vou conseguir fugir um pouco daqui para ir na UTI.
    Bom, estou sempre na torcida e orando muito para que a Terê fortaleça essas bochechas lindas e se livre da sonda no nariz. Olha a carinha dela tentando olhar a sonda: “que troço é esse no meu nariz?”, ela deve estar pensando.
    Lindinha da titia, logo você estará sem isso, mamando muito e fazendo sapequices por aí.

    Beijos para as duas.

  10. hilan disse:

    ô gente que fofa! cresce logo para brincar com o Benji!

    estamos orando por vcs!

  11. Luíza Diener disse:

    ai, lidia! ela tá tãaao fofa e esperta!
    além de cabeluda! é uma cabeleira de dar inveja.

    to doida pra poder conhecê-la. o ruim é que com o benjamin fica complicado de ir aí.

    a pediatra disse a mesma coisa dos olhos do benjamin: que provavelmente ficarão azuis. eu confesso que, do fundo do meu preconceito, não gostei muito.
    mas quando o filho é nosso a gente ama de qualquer jeito e se isso acontecer eu vou passar a amar olhos azuis, com certeza!

    beijinhos e tudo de bom pra vcs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s