6 meses! Preparando o retorno à outra rotina

Querida filha, hoje você completa 6 meses! Nem acredito que todo esse tempo se passou! Você está cada vez mais excelente!

Eba! Fiquei de bruços sem minha mãe me colocar! Ela só me deu uma mãozinha!

Contei quase todas as novidades do mês no post anterior. Acho que só faltou dizer que este mês você estreou na universidade, na defesa do mestrado da minha amiga Priscila.Foi um arraso! Quando a banca começou a criticar, você abriu o berreiro!

De lá pra cá, a grande novidade foi ver você virar, na sexta passada.  Espertinha, você não estava conseguindo se virar sozinha: segurou na minha mão e tchum! Virou de bruços! Pra meu orgulho e deleite!

Preciso registrar aqui sua coleção de apelidos carinhosos, porque senão depois a gente esquece.

Princesoca (essa é nova!) domingo, na igreja. Roupa by tia Fabi

Primeiro, aquelas formas de chamar que derivam do seu próprio nome: Maria Teresa, Teresa, Teresinha, Teresoca; Maitê, Tetê, Tetéia, Tererê (com direito a cantar todas as músicas com Tererê, desde Uh-tererê até as milhares de Jorge Ben!).

Depois, tudo o que rima com Teresa: Princesa é a favorita, mas também Lindeza, Beleza, Fortaleza, e pra conjuntar a gente faz poesias com as palavras mesa, acesa, e todas as “esas” bonitas que você puder imaginar!

E de Princesa, mais uma coleção de apelidos: Pinpin, Prin e finalmente, Pipoca, muito usada para induzir o seu arroto, sob o cântico “arrota, pipoca!” (versão do “arrebenta, pipoca, Maria pororoca” que aprendi na minha infância, com minha avó).

Amigas no Cinematerna, ontem: Clarice, Eleonora, Tetê, Catarina (e as mães Paloma, Sophie, eu, Illa e vovó Yara)

Mais Cinematerna (ontem, estreia da sessão no shopping Iguatemi BSB): Tetê, Catarina, Téo e Benjamin (e eu, Yara, Illa e Luízas)

 

 

 

 

 

 

 

 

Está sendo uma delícia te conduzir nesta aventura de conhecer o mundo. Primeiro, na barriga.Depois, fora da barriga, ainda no hospital. Depois, em casa e por aí. Cada vez mais, na companhia dos seus amigos, com quem você conversa intensamente! (uma pequena amostra dos amigos nas fotos acima…)

Enquanto isso, mamãe se prepara para voltar ao trabalho. Sim, porque a mamãe tem um trabalho e vai voltar pra ele quando acabar esse período de licença maternidade, férias e folgas. Por isso, tivemos que mudar os esquemas aqui em casa: até 2 semanas atrás, tínhamos 2 diaristas por semana: a Dulce, que estava com a gente desde que chegamos a Brasília e que cuidava da limpeza e de passar a roupa, e a Elena, que cozinhava para nós desde que a mamãe estava grávida. E as duas nos ajudavam a lavar a roupa. As duas são apaixonadas por você! E sempre nos ajudaram muito a cuidar da casa! Foi perfeito pra esse período de licença maternidade!

Teresa fazendo farra com a Dulce. Sorridente que só ela!

E a Elena já com saudades!

 

 

 

 

 

 

 

Mas agora precisamos de alguém que fique todos os dias, que possa cobrir os horários esquisitos de jornalista e professor que a mamãe e o papai têm. Por isso contratamos a Célia. Ela tem nos ajudado bastante e também ama você!

Além disso, é hora de procurar uma creche pra você. Temos um problema crônico de falta de vagas, até em creches particulares, mas temos fé em Deus de que vamos conseguir!

E até lá, vamos batalhando pela sua independência: você vai aprendendo a comer (papinha salgada nos próximos dias!), a beber, a brincar longe da mamãe. Mas pretendo continuar te amamentando ainda por bastante tempo, sempre que eu puder!

Teresa bebendo água sozinha! Metade vai na roupa, risos

Quando a fruta é pera, Tetê se esbalda: come a metade!

Encerro este post com foto de hoje, você de “Ramoneda” se esbaldando de dormir! Te amo muito!

Maria Teresa, a ex pequena!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

18 respostas para 6 meses! Preparando o retorno à outra rotina

  1. disse:

    Parabéns, Teresa! Que o mundo continue lindo para você!
    Beijos,
    Tia Fê.

  2. Vania disse:

    Lídia, ela está muito linda! Gente, uma boneca! A foto do vestidinho está de arrasar!!!!!!
    Quanto à creche, vc já está decidida? Sei que cada um tem uma experiência diferente com creche, tem gente que ama, tem criança que não se adapta, mas se vc quiser conversar comigo qualquer hora, posso te contar a minha experiência.
    Eu, mesmo com a visão de Professora de Educação Infantil, hoje não colocaria outro filho com meses no berçário; colocaria com no mínimo 1 ano completo.
    Bom, isso é papo chato! O importante é que a Tete está cada vez mais linda e gordinha, e vc vai ver que delícia que é preparar a papinha com mto amor e vê-los se deliciarem com ela! rs… Tb to amando essa fase!
    Beijosss

    • Paloma Varon disse:

      Ai, desculpa me intrometer, mas me deu um siricutico para pitacar. Eu concordo coma Vânia, também não colocaria em creche antes de 1 ano de jeito nenhum. Coloquei a Ciça com 18 meses, numa creche cara de Higienópolis e gostaria de ter esperado pelo menos os 2 anos, pois houve vários problemas.
      Ainda mais a Tetê, que nasceu prematura. É tanta doencinha, tanto descaso de cuidadoras (assadura é o de menos, na CF é daí para cima), fora a questão da alimentação, que dificilmente é balanceada. Mesmo as “melhores” têm seus problemas.
      Uma babá capacitada (vc pode pagar cursos para ela, se quiser te passo o canal) + câmeras em casa + pais presentes em turnos alternados pode ser uma boa opção até ela fazer 1 ano e tomar mais vacinas.
      Desculpe o megapitaco sem ser chamada a tal, se quiser, falamos pessoalmente, senão pode apagar (daqui e da memória).
      Beijos

      • lidianeves disse:

        tô gostando do debate… vou levar em consideração na minha tomada de decisão.
        Paloma, me passa as dicas do curso sim!!!
        bjs

  3. Tathy disse:

    Realmente, ex pequena mesmo. Ela está grandona e gordinha…e continua incrivelmente linda. Esse período de licença é ótimo, mas voltar a trabalhar tmb é. Sucesso no seu regresso e que vc encontre uma boa creche pra Tetêzoca.

    Bjs

  4. Eliana disse:

    Amei ver as dobrinhas que a Tere já tem! Que bom que ela já está se adaptando com uma nova ajudante!
    Cada um tem uma experiência ,como sua amiga já falou, mas acho que meio período num berçário, seria o ideal, pois não existe lugar mais aconchegante que o ” cantinho” dela!
    Boa sorte nesta nova fase!
    Que Deus te dê sabedoria e o lugar certo para a filhota
    Beijos

  5. Paloma Varon disse:

    Parabéns! Seis meses é um marco e tanto. E vcs chegaram muito bem a esta nova fase. Delícia.
    Todas as fotos estão lindas, mas o que é esta última? Morri de tanta fofura!
    Temos de nos encontrar mais e mais até o final da licença, né?
    Beijos

  6. Nath disse:

    Que emoção ver a Tetê viradinha. A primeira imagem que veio à minha cabeça foi a dela tomando seu leite na sondinha no hospital (parece que foi ontem!).
    Ânimo na volta ao trabalho e que essa fofura continue enchendo a vida de vocês de mais e mais amor.
    Saudades.

  7. Luiza disse:

    Tetê cada dia mais fofa!
    E o CineMaterna foi mais legal pq eu tava lá, hihihi! Fiquei de achando depois q fiz essa fofurice dormir!
    Bjosss amo vcs!

  8. marcy disse:

    Nossa! Seis meses, já? Vc tem certeza? Como assim?! Li, vai mais devagar com o tempo, que piscou é a Teresa que está defendendo o mestrado!
    Eu olho esses bracinhos e essas pernocas e nem lembro mais que até dezembro era preciso colocar fita para prender as meias e as luvas.
    E tem 10 dias que eu não vejo a Tetê e ela já parece maior e eu já estou com saudades. Agora o tempo está mais complicado, mas vou tentar dar um pulinho aí no finde. Beijos pra vcs 3. E parabéns pra Tererê!!!

  9. lia disse:

    “cada vez mais excelente”! ahahah adorei

  10. carmen soares disse:

    Oi Li,
    Acompanhei muitos dos passos de voces.Por ai e pelos vôs aqui… Sempre me emociono com seus depô. Delícia ver a mão de Deus sobre vocês.
    Que bom que vai levar em conta os palpites. A Baby tem 18 e tive que tomar a mesma decisão. Não mandei pra escola. Só aos 3 anos. Barra.. Valeu cada segundo…
    Deus os abençoe. Sua filha é mesmo linda. Pode falar isto todo dia por aqui.
    Bjs.

  11. Débora disse:

    Adorei o post e tive que me segurar para não chorar. Estou passando pela mesma fase. Meu bebê vai completar 6 meses na próxima semana e eu volto a trabalhar. Moro em Bsb e minha família é de fora. Descartamos logo a opção da babá (não consegui me sentir segura), por isso visitamos inúmeras creches desde os 2 meses do meu filho. Escolhemos a creche pelos profissionais, pelo ambiente, estímulos e flexibilidade de horários. Há um mês ele está frequentando a creche e volta sempre muito risonho. Meu bebê é muito ativo e as profissionais da creche têm sabido fornecer os estímulos corretos. Acho que o importante é que os pais se sintam seguros e que a criança esteja bem cuidada e feliz independente de quem seja o seu cuidador.

  12. Mariana Martins disse:

    Lídia e Daniel,

    Maitê está cada dia mais lida. Preciso vê-la novamente o mais rápido possível!!! Já está bem diferente, com as semelhanças mais definidas… inclusive já se vê claramente Daniel nas fotos! kkkkkk

    Repassem meus parabéns a princesa.

    beijos
    Mari

  13. Pri disse:

    A conversa sobre a creche é importantíssima e me dá noção da minha falta de noção sobre o mundo das crianças. Agora, sério mesmo, em todo o post ótimo, com direito a defesa de mestrado, sorrisos para a Dulce e tudo, nada, mas nada, mas nada mesmo supera A CAMISETA DO RAMONES!!! E a pose refestelada! Teresoca rock and roll!!!!! Ameiii!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s