E assim passou o tempo… e a mamãe volta a trabalhar!

Filha,

Minha bebezinha cresceu! Tá esperta, forte e linda. Amo! (obs. reparem nos cachinhos!)

Últimas horas do último dia da licença-maternidade+férias+folgas acumuladas. Muitas lembranças na mente, algumas delas registradas aqui. Muitas emoções. A das vésperas do parto e o susto do baixo crecimento. A do parto em si e sua chegada ao mundo. As da UTI Neonatal, de cada graminha que Maria Teresa ganhava e nós comemorávamos aqui. A ida pro quarto. A alta do hospital e a chegada em casa. E esses foram só os primeiros 30 dias!

Depois disso teve muito mais! Passada a dúvida se você seria capaz de mamar, foram horas e horas de amamentação! No começo, cansativo (chegava a mamar 8 horas por dia), ao longo do tempo, cada vez mais prazeiroso. Até hoje, uma delícia, em livre demanda, quando você quiser (exceto na escolinha, ou quando estamos longe uma da outra). Isso te fez crescer, alcançar o peso das crianças da sua idade aos 5 meses!

As brincadeiras, os carinhos, os passeios, as descobertas. Quantas descobertas! As linhas retas, as árvores, os brinquedos, a posição vertical, a água, as pessoas, a televisão (que eu tento evitar que você veja), o aparelho de som, os brinquedos sonoros e luminosos de adultos, o pé, a mão, a boca. Que delícia tudo isso! Sou muito grata a Deus por ter me permitido me dedicar tanto à maternidade!

Linda! Maravilhosa! Fantástica! Esplendorosa!

E agora, a mamãe volta a trabalhar. Gosto muito de trabalhar, de fazer jornalismo, especialmente quando é voltado para os cidadãos. Gosto mais ainda de ficar com você, mas é bom que nós tenhamos um momento separadas para cada uma desenvolver o seu potencial! E depois a gente junta de novo, pra fazer “bagunçaaaa, bagunça, mamãe!”. E mamar, e dormir, e fazer carinho, e dar risada, e curtir muito muito muito.

Tetesa, a mamãe curte muito você! Essas horinhas longe vão me deixar morrendo de saudades! Mas para me consolar, eu penso assim: o papai teve que trabalhar desde o início e você o ama! E adora estar com ele! Então você vai continuar adorando estar comigo! Mesmo que seja menos tempo… Boa, né?

Mesmo trabalhando, eu vou continuar sendo mãe em período integral, porque continuarei te amando, pensando e fazendo o que for melhor pra você todas as horas do meu dia! Te amo e sempre vou te amar!

Aproveitamos intensamente estes últimos dias. Parece até que você ficou doente de propósito, só pra termos uma semana inteirinha juntas, grudadas, você não quis nem comer na semana passada! Foi só peito e colo! Tudo que a mamãe precisava!

Obrigada por ser minha companheirinha maravilhosa. Continuemos sempre assim!

PS – hoje eu te dei um celular. Um mordedor, mas já serve. Pra gente estar sempre em contato! risos

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

9 respostas para E assim passou o tempo… e a mamãe volta a trabalhar!

  1. MAmelia disse:

    Filha, esta é a vida: corta-se fisicamente o cordão umbilical de uma só vez e usamos a metáfora o resto da vida, aos poucos, porque não suportaríamos tudo de uma vez…E o amor, só aumenta a cada dia, para sempre!
    Mas compensa,é muito bom ver seus filhos crescerem, ainda que lembremos eternamente, com carinho, da dependência deles!!

    beijos, você sobreviverá, acredite. E aTetê, esta estará feliz, descobrindo que a saudade termina em algum momento do dia…

  2. lia disse:

    Lídia, confessa: você está fazendo baby liss na tetê!

    • lidianeves disse:

      hahahaha!
      agora eu comecei a pentear meio despenteado o cabelo dela!!! primeiro é pente pra baixo e depois é pente pra cima!
      olha quem fala, né? você anda fazendo chapinha na Emilinha! kkkk
      beijos

  3. Carol Pasquali disse:

    Ei, identifiquei um sapatinho rosa nesse pé fofo que eu conheço! Eba, fiquei feliz!!!!!

  4. Andrea alves disse:

    Quantas emocoes, neh lidianeves!? Eh mesmo uma delicia para as almas sensiveis! Feliz volta ao trabalho, amiga! Bjs

  5. Paloma disse:

    Lídia, espero que a volta ao trabalho seja amena na medida que dê para ser. E que vc e a Tetê encontrem formas de matar as saudades. Minha sugestão? Ao chegar em casa, desligue o celular e concentre-se nela.
    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s