Histórias de uma criança que cresceu

Tetê, então foi assim que o tempo passou e nós ficamos sem blogar:

Primeiro veio muito trabalho e o lançamento do Portal EBC (aliás, aproveito para que recomendar que conheçam o Canal Infantil, onde haverá conteúdo de qualidade da TV Brasil e outros…).

Depois, as férias, curtas e muito boas, com direito a alguns passeios, vários amigos, família e… Flávia. A prima fofa. E vítima favorita da Tetê, risos. Tetê quis pegar no colo, dar mamadeiras, ensinar brincadeiras e… Flávia aceitou tudo, que boazinha que é!

Flávia tomando mamadeira no colo da Maria Teresa, tio Daniel e tia Lidia

Tetê – Colo, mamãe! (enquanto eu dava mamadeira para a Flávia)
Eu – quer colo, filha? (passo a Flávia pro Dani)
Tetê – não, mamãe! Colo neném Tetê!

Passamos uns dias em cada vovó, e uns dias na tia Maricota.

Tetê com vovó, vovô e papai no parque de Guarulhos

Aí que o papai e a mamãe começaram a colocar as asinhas de fora e sair. Foram ao cinema e te deixaram com a titia. Só que a titia quase pirou. Primeiro, porque você ficou com uma mania de limpeza maluca e saiu limpando a casa com lencinhos umedecidos (aliás, filha, acho que você tem mania de limpeza. Sabe até falar “tá sujo, mamãe!”, e agora gosta também da vassoura).

Tetê fazendo cara de bichinho com a tia Cota

Fora isso, uma mania maluca de brincar muito, dormir pouco e viver intensamente nos deixou longe do blog por muito tempo. E: trocamos janelas, papai fez concurso, mamãe fez exames médicos pra entrar por concurso na EBC, nosso carro tomou uma batida, papai passou uns dias em Sampa (e você aprendeu a falar a palavra mais linda do português, SAUDADE, ou tatati), nossa babá teve problemas familiares… enfim, somos uma família normal e… de vez em quando, não conseguimos blogar.

E pra quem está com saudade da estimulação precoce, que a Tetê continua fazendo, aí vai a novidade mais recente: além de falar, Tetê gosta de cantar (sempre a última sílaba), dançar e agora, pular! Sim, ela pula muito engraçadinho!!!

Vamos tentar voltar aqui com frequência, ok?

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Histórias de uma criança que cresceu

  1. clara bereles disse:

    ke menina fofinha .kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s